Tragédia mata 41 trabalhadores de uma empresa têxtil em SP

O SINTTEL-RS lamenta a morte de 41 trabalhadores que se dirigiam ao trabalho, em SP, na manhã da quarta-feira (25).  O ônibus, terceirizado, transportava 53 trabalhadores e trabalhadoras da empresa têxtil Stattus Jeans e bateu de frente com um caminhão durante uma ultrapassagem na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP 249), entre Taguaí e Taquarituna. A maioria (37 trabalhadores) morreu no local e os demais chegaram a ser levados aos hospitais da região, mas não resistiram. Todos os trabalhadores eram da cidade de Itaí.

Um representante da Stattus Jeans esclareceu que o ônibus era fretado pelos próprios trabalhadores, sem ligação direta com a empresa.

Este é mais um acidente que evidencia as condições precárias de transporte muitas vezes fornecidas e/ou disponibilizadas aos trabalhadores. Em algumas situações, sem outra condição de se deslocar, os trabalhadores são obrigados a se submeter a transporte sem as devidas condições de segurança.

Infelizmente, essas mortes se somam a números alarmantes. No Brasil, acontece um acidente de trabalho a cada 48 segundos, com uma vítima fatal a cada três horas.

Em 2018, foram registrados a 576 mil acidentes de trabalho, considerando apenas os empregados com carteira assinada. Mas, se forem considerados os trabalhadores informais e os autônomos, esse número pode ser até sete vezes maior, se aproximando de 4 milhões de acidentados todos os anos. Se os acidentes de trabalho no Brasil fossem uma doença infecciosa, sua capacidade de contágio seria cinco vezes maior do que a do coronavírus.

Acidente de trajeto também é acidente do trabalho

No Brasil, o acidente sofrido pelo trabalhador no trajeto da sua residência até o trabalho equipa-se ao acidente típico de trabalho (aquele ocorrido no exercício das suas funções), para fins previdenciários. Em 2019, os acidentes de trajeto no país representaram 19% do total de acidentes.

Estes números atestam a importância da atuação dos sindicatos na exigência de medidas de segurança e cumprimento das normas, e do incentivo à prevenção como principal instrumento para diminuir os acidentes do trabalho. Estudos apontam que empresas que têm regras mais rígidas de segurança e saúde tem até 3 vezes menos chance de os trabalhadores serem vítimas de acidentes do trabalho.

Assessoria de Comunicação

25/11/2020 23:28:38

Rua Washington Luiz, 572 - Centro, Cep 90010-460 Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

O novo horário de atendimento é das 10h às 16h15.

Este horário é emergencial, devido a pandemia.

Estamos à disposição dos trabalhadores, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS