SINTTEL-RS convida para debate sobre desmonte das NR’s dia 4 de setembro

O SINTTEL-RS convida os(as) trabalhadorea(as) telefônicos(as) para a audiência pública que irá debater o desmonte das Normas Regulamentadoras (NR’s). A atividade, chamada pelo Fórum Sindical de Saúde do Trabalhador (FSST) em conjunto com o gabinete do deputado Valdeci Oliveira (PT), será dia 4 de setembro (quarta-feira), às 9h30, no 3º andar da Assembleia Legislativa do RS.

O objetivo da audiência é debater a destruição das normas regulamentadoras que vem sendo imposto pelo governo Bolsonaro, com impacto direto na vida e na saúde dos trabalhadores.

Para o diretor de Saúde do SINTTEL-RS, Alexsander Ferreira Avaly, este debate é da maior importância para os trabalhadores, especialmente telefônicos que na sua rotina de trabalho estão expostos a diversos e graves  acidentes. “O Brasil é um dos campeões mundiais em acidentes do trabalho. O país registra uma morte por acidente de trabalho a cada 3horas e 40 minutos. Só para se ter uma ideia, de acordo com o Observatório Digital de Segurança e Saúde do Trabalho, entre 2012 de 2018 foram contabilizados 17.200 falecimentos em razão de algum incidente ou doença relacionados à atividade laboral”, diz ele lembrando que recentemente, dia 20/08, um colega telefônico somou nestas estatísticas (veja matéria aqui).

E segundo o dirigente, estes números são ainda maiores, já que muitos casos acontecem na informalidade ou são subnotificados. “A realidade é ainda pior”, ponderou ele, lembrando que o RS é o terceiro estado em acidentes com mortes, ficando atrás de São Paulo e Minas Gerais.

Manifestações

Avaly lembra que desde que o tema veio à tona, o Sindicato tem somando nas manifestações contra a destruição das NR’s, tendo participado já de encontors e atos na Esquina Democrática que protestaram contra este desmonte. A Fitratelp também está nesta luta e participou de uma audência pública na Câmara dos Deputados que trataou a questão.

O diretor destaca, no entanto, a importância dos trabalhadores se envolverem com esta discussão. “As Normas Regulamentadoras salvam vidas e não podemos permitir que as benesses que o governo quer das para os empresários sejam pagas com a nsosa vida. Por isso, é fundamental aque todos os trabalhadores protestes, participem e não aceitem acabar com medida cujo único objetivo é proteger a vida do trabalhador”, acrescentou ele, reforçando o convite para a audiência pública.

Assessoria de Comunicação

25/08/2019 11:47:23

A direção do SINTTEL-RS acompanha atentamente o avanço da pandemia de COVID-19, a doença causada pelo CORONAVÍRUS. Preocupada com os trabalhadores em telecomunicações e, também, com os do Sindicato, decidiu reduzir o horário de trabalho podendo ser reavaliado a qualquer instante, conforme evolução do estado de alerta.

O novo horário é das 10h às 16h15. Este horário é emergencial.

Reafirmamos que estamos à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras e orientamos todos que, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS