Trabalhadores querem mais segurança, e não punições

O SINTTEL-RS recebeu diversas denúncias de que a empresa CETP quer punir os trabalhadores que não estão usando o EPI (máscaras) na sua rotina de trabalho. Ocorre que as máscaras fornecidas pela empresa – uma para a manhã e outra para a tarde – têm que ser lavadas pelos trabalhadores à noite e usadas úmidas no dia seguinte. Além disso, as máscaras descartáveis entregues pela empresa são curtas, ou tapam o nariz, ou tapam a boca.

O Sindicato questiona como a empresa quer punir os trabalhadores, se não dá condições para trabalhar com segurança? Neste sentido, o SINTTEL-RS interveio junto à empresa para que ela forneça máscaras laváveis em condições de serem usadas (tamanho adequado) e em quantidade suficiente, que não obriguem o trabalhador a usar ela ainda molhada.

Ação do Sindicato

Além de cobrar da empresa, o Sindicato realizou a entrega de máscaras para os trabalhadores, como forma emergencial de proteger suas vidas nestes tempos de pandemia.

Trabalhador protegido, é trabalhador com saúde!

Assessoria de Comunicação

07/05/2020 18:33:53

A direção do SINTTEL-RS acompanha atentamente o avanço da pandemia de COVID-19, a doença causada pelo CORONAVÍRUS. Preocupada com os trabalhadores em telecomunicações e, também, com os do Sindicato, decidiu reduzir o horário de trabalho podendo ser reavaliado a qualquer instante, conforme evolução do estado de alerta.

O novo horário é das 10h às 16h15. Este horário é emergencial.

Reafirmamos que estamos à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras e orientamos todos que, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS