Justiça mantém decisão que obriga Ezentis a tomar medidas de proteção aos trabalhadores

O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4), indeferiu o pedido da Ezentis de revogação de tutela de urgência que decidiu, liminarmente, que a empresa fornecesse a todos os seus empregados, mediante recibo de entrega, máscaras, álcool gel antisséptico 70% e luvas, além de outras medidas em relação a proteção do trabalhador na pandemia de coronavírus.

Além das determinações, a Justiça estabeleceu o prazo de cinco dias para cumprimento, findo o qual, a empresa pagaria multa de mil reais por dia caso seja descumprisse a ordem judicial.

Diante daquela decisão, a EZENTIS ingressou com uma petição, na qual restou mantida a liminar, conforme despacho em anexo.

CONFIRA AQUI O DESPACHO.

Assessoria de Comunicação

01/04/2020 18:32:41

A direção do SINTTEL-RS acompanha atentamente o avanço da pandemia de COVID-19, a doença causada pelo CORONAVÍRUS. Preocupada com os trabalhadores em telecomunicações e, também, com os do Sindicato, decidiu reduzir o horário de trabalho podendo ser reavaliado a qualquer instante, conforme evolução do estado de alerta.

O novo horário é das 10h às 16h15. Este horário é emergencial.

Reafirmamos que estamos à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras e orientamos todos que, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS