A cada semana, novas sindicalizações fortalecem a luta dos telefônicos

A cada semana, novas sindicalizações fortalecem a luta dos trabalhadores telefônicos e respaldam a entidade nos embates com as empresas e nas ações em defesa dos direitos dos trabalhadores.

Na semana passada, foram realizadas novas sindicalizações, sendo três delas entre os trabalhadores na Serede.

O SINTTEL-RS fortalece a necessidade de que os trabalhadores tenham presente a importância de se associarem ao Sindicato. Em tempos em que tantos ataques, tanto das empresas, como do governo, colocam a conta da crise nas costas dos trabalhadores, retirando direitos e rebaixando as condições de trabalho, é somente através da luta coletiva, com sindicatos fortes, que poderemos fazer o enfrentamento em defesa dos nossos direitos.

Recentemente, a MP 905, se mostrou uma “reforma trbalhista” ainda mais cruel que a de 2017, acabando com o que ainda havia restado dos direitos e dando mais poder às empresas para rebaixar os acordos coletivos. E como temos visto, é somente através da ação do sindicato que temos conseguido manter nos acordos, os direitos conquistados ao longo de anos pela categoria telefônica.

Sindicalize-se. Ajude a fortalecer a luta da categoria e aproveite as vantagens de ser sindicalizado.

Assessoria de Comunicação

21/11/2019 12:12:38

A direção do SINTTEL-RS acompanha atentamente o avanço da pandemia de COVID-19, a doença causada pelo CORONAVÍRUS. Preocupada com os trabalhadores em telecomunicações e, também, com os do Sindicato, decidiu reduzir o horário de trabalho podendo ser reavaliado a qualquer instante, conforme evolução do estado de alerta.

O novo horário é das 10h às 16h15. Este horário é emergencial.

Reafirmamos que estamos à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras e orientamos todos que, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS