Quinta, 16 Agosto 2018

13 salários dos aposentados

Aposentados e pensionistas do INSS vão receber a primeira parcela do 13º salário junto com o benefício de agosto. O pagamento será de até 50% do valor do benefício e não haverá desconto de Imposto de Renda.

O pagamento começa em 27 de agosto e vai até 10 de setembro. A data varia de acordo com o valor e com o número final do benefício, excluindo-se o dígito.

Embora não seja lei, a antecipação da primeira parcela do 13º dos aposentados em agosto é adotada pelo governo desde 2006. Desde então, apenas em 2015 o pagamento foi feito mais tarde, em setembro, devido à crise econômica.

Confira o calendário de pagamento (a data de pagamento varia de acordo com o número final do benefício, desconsiderando-se o dígito):

Para quem ganha até um salário mínimo (R$ 954)

Final 1: 27/8

Final 2: 28/8

Final 3: 29/8

Final 4: 30/8

Final 5: 31/8

Final 6: 3/9

Final 7: 4/9

Final 8: 5/9

Final 9: 6/9

Final 0: 10/9

Para quem ganha acima de um salário mínimo (mais de R$ 954)

Finais 1 e 6: 3/9

Finais 2 e 7: 4/9

Finais 3 e 8: 5/9

Finais 4 e 9: 6/9

Finais 5 e 0: 10/9

Quem tem direito?

Por lei, tem direito à gratificação quem recebeu durante o ano:

aposentadoria;

pensão por morte;

auxílio-doença;

auxílio-acidente;

auxílio-reclusão

ou salário-maternidade.

No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do 13º salário é proporcional ao período recebido. Quem começou a receber o benefício depois de janeiro também terá o abono proporcional.

Quem recebe benefícios assistenciais (LOAS) não tem direito ao benefício.

Segunda parcela começa a ser paga em novembro

A segunda parcela do 13º salário será paga junto com o benefício de novembro, segundo o decreto presidencial. O pagamento será entre 26 de novembro e 7 de dezembro, também de acordo com o valor e com o número do benefício.

De acordo com a legislação, o Imposto de Renda sobre o 13º será cobrado apenas na segunda parcela.

Assessoria de Comunicação

C/Informações da Agência Brasil

04/08/2018 21:58:34

Reforma Trabalhista, veja o que mudou !

clt

App